sexta-feira, 25 de março de 2016

30 centavos - Uma música pra você que tenho

Uma música pra você que tenho

(Drausio)


Queria fazer uma música pra você, que tenho
Dizer tudo que sinto e quão vazio seria sem você
Mas como se a falta é minha maior inspiração
Se ter, nunca foi motivo para desespero

Queria cantar suas curvas a vontade de descobrir o seu segredo
Os sonhos, os desejos, o desconforto só, ao amanhecer
Mas como se ter, parece, não ter querer, nem ver pra crer...
Se algo que se tem não é passível de desejo

Queria cantar num ritmo agitado que lembrasse o seu gingado
O bater de um pobre coração que vive desesperado
Mas como se me sinto inteiro confortado
Se és meu acalanto e ao som do seu suspiro em seu colo me embalo

Não há nada aqui
Que eu queira ou que eu procure
Em mim ou em ti
Nada destoa
E não me obriga a vida viver com quem eu tenho ...

E sendo assim eu volto todo dia para casa
Pras minhas posses, pros meus guardados, pros momentos colecionados
Pras nossas brigas pro seu excesso de cuidado
Pro seu domínio, pro seu ciúme, pro meu reino desgovernado

Não há nada aqui
Que eu queira ou que eu procure
Em mim ou em ti
Nada destoa
E não me obriga a vida viver com quem eu tenho ...

terça-feira, 8 de março de 2016

29 centavos - Londrina

Londrina

(Poesia de Paulo Netho/Música Dráusio)

Eu não entendo este "Desvario 722"
Em 1986
Eu não entendo este céu azul
18:40 em Londrina
Eu não entendo
O cric-cric dos grilos
Parece que cricam
Alguma agonia
Eu não entendo os motores
24hs no ar
E todo esse Desvario 722"
Em 1986
É ausência de carinho
E todo esse céu
18:40 em Londrina
É sedução
E todos os grilos nesse mato urbano
É medo de amar
E todos os motores 24hs no ar
Jamais poderão ser razão
Pra gente
Se desesperar